Dicas para fazer a Califórnia Highway 1

Por Themys Cabral

Está pensando em fazer a cênica estrada costeira Califórnia Highway 1 Califórnia? Então, se liga nessas dicas do casal SEM CEP:

SENTIDO
O sentido mais bonito da Califórnia Highway 1 é norte-sul, pois você estará na pista que fica mais perto do Oceano.

CARRO
Reserve, desde o Brasil, pela internet. Deixe para pegar o carro no seu último dia em San Francisco, depois de aproveitar bem a cidade, (vejas dicas de San Francisco aqui). Marque para entregar no seu destino final.

Claro que todo mundo sonha fazer está estrada com um carrão, mais a brincadeira não sai tão barata não. Nós pegamos um carro econômico, o mais simples e barato que tinha e foi bem tranquilo. Todos os carros têm airbag, freio ABS e são automáticos.

Nós alugamos o carro pela Dollar e foi muito bom o atendimento. O carro deu problema e precisamos trocar, mas foi bem tranquilo, inclusive com atendimento em português pelo call center.

A gasolina não é tão cara e é vendida por galões e não por litros. Com US$ 20 dólares, enchíamos o tanque. Para abastecer, já que você não tem um CEP americano, você deve entrar na loja de conveniência e fazer o pagamento de quanto você quer colocar de gasolina. Basta avisar a bomba que você vai usar. Com isso, eles liberam o valor direto lá na bomba. E aí só abastecer (self service) .

Usar os parquímetros para estacionar nas cidades é mais fácil do que parece também. Cada vaga tem um parquímetro específico. Ache o parquímetro da sua vaga e coloque as moedas ou mesmo o cartão (em algumas cidades dá para pagar com cartão). Dependendo do valor que você colocar, você vai ter um tempo liberado para usar a vaga. Você pode tentar, ainda, aproveitar o restinho de tempo que estiver indicando no parquímetro, de alguém que saiu antes de terminar o tempo (um pouquinho de brasileirísse não faz mal a ninguém, né?).

DIAS E ÉPOCA PARA VIAJAR
Reserve no mínimo três dias só para fazer o trecho entre San Francisco e Los Angeles da Califórnia Highway 1. Se você for a Vegas ou San Diego, acrescente mais dias. Qualquer época é época. Talvez no verão seja mais agradável. Nós fomos no inverno e foi super tranquilo.

ROTEIRO
Você vai ter que brigar o tempo todo com o GPS para andar na Califórnia Highway 1. Ele vai querer te mandar o tempo todo para as auto-estradas. Então o meu conselho é, além de ter o GPS (nós usamos o aplicativo waze e google maps), tenha um mapa de papel também (geralmente vem junto com o carro alugado).
Para ir navegando, vá colocando no GPS o nome das cidades que aparecem no mapa de papel e que ficam na Califórnia 1 aos poucos.

Primeiro dia (San Francisco- Monterey)
Aqui vai o o nosso conselho número 2: pegue a Califórnia Highway 1 já desde San Francisco. Ela já é linda desde o começo. Pare em Monterey e conheça o Fishermans Wharf da pequena cidade. Se tiver tempo, visite o aquário. Se a hospedagem em Monterey estiver muito cara, durma em uma outra cidade próxima da região para continuar a viagem no dia seguinte.

Rua Cannery Row.

Rua Cannery Row.

Segundo dia (Monterey-Carmel-Big Sur)
Entre Monterey e Carmel você vai pegar a 17 Miles, uma estrada bem bonita, curtinha e pedagiada (a única pedagiada que pegamos em toda a viagem). Vai custar US$ 10. Carmel é uma praia linda e vale parar e aproveitar a beleza ímpar dela.

Crédito da foto: Robert Nespolo

A lindíssima praia de Carmel.

Mais uma linda vista para a praia de Carmel.

Tem como não se apaixonar por esse lugar?

Praia de Carmel

Seguindo viagem, a paisagem vai começar a te surpreender. Certamente, você estará entrando na região do parque do Big Sur. Há vários pontos de parada. Então faça esse trecho de uma forma bem tranquila, parando todas as vezes que der vontade de fotografar ou de admirar a linda paisagem.

Basta parar e admirar.

Basta parar e admirar.

Vista para o oceano pacifico a partir da Highway One.

Oceano Pacífico a partir da Califórnia Highway 1.

Centésima milionésima parada para admirar.

Centésima milionésima parada para admirar.

Pare para dormir logo depois do Big Sur. Uma opção é a cidade de San Luis Obispo.

Terceiro Dia (Los Angeles)
Saia cedo para pegar a sua chegada em Los Angeles antes de escurecer. Certifique que seu GPS vai te fazer passar por Malibu (que vale uma parada). Termine sua viagem, com o entardecer do sol, no píer de Santa Mônica. Simplesmente, imperdível! Um colírio para os olhos, com todas as cores juntas.

Crédito da foto: Robert Nespolo.

Entardecer no pier de Santa Mônica.

O movimentado píer de Santa Mônica.

O movimentado píer de Santa Mônica.

Observação: de Los Angeles, você pode seguir para San Diego ou para Las Vegas. Nós fomos para Las Vegas e contamos as nossas aventuras neste post aqui.

Leia outros textos relacionados
Booking.com
Modificado e otimizado por Jean Kássio